Site Logo

S. João da Madeira ''veste-se'' de azul contra maus tratos às crianças

13-4-2021, S. João da Madeira     581


Iniciativa da CPCJ, com o envolvimento da Câmara Municipal e outras entidades do concelho.

Comerciantes, instituições, associações e os sanjoanenses em geral. Todos são convidados a participar na campanha Laço Azul, de sensibilização contra os maus tratos às crianças, numa iniciativa promovida em S. João da Madeira pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) do concelho.

Neste âmbito, por ação da Câmara Municipal, os repuxos de água dos lagos da rotunda do Hospital da cidade e da rotunda do Lugar da Ponte estão iluminados em tons de azul, sendo esta uma das várias atividades previstas.

O já tradicional laço humano que vinha sendo promovido pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de S. João da Madeira, será substituído, este ano, por outro laço gigante, que, no entanto, não será formado por pessoas, devido à pandemia da Covid-19.

Os sanjoanenses são também desafiados a afixar nas janelas de casa laços azuis ou arco-íris em tons dessa cor, “numa manifestação de que nem uma pandemia nos faz ficar desatentos aos maus tratos na infância”, como se lê no folheto de divulgação desta campanha de sensibilização.

Esta campanha decorre ao longo de abril, que a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens instituiu como o mês da prevenção dos maus tratos na infância e juventude e que tem como símbolo o laço azul.

A Campanha Laço Azul iniciou-se em 1989, nos Estados Unidos, quando Bonnie W Finney atou à antena do seu carro uma fita dessa cor para não esquecer as nódoas negras dos seus dois netos, que haviam sido vítimas de maus tratos.


PUB

zibiz.net