Casal detido por manter um homem com atraso cognitivo ''escravizado'' durante cerca de 10 anos

15-3-2024, Oliveira de Azeméis     1330


O homem trabalhava numa exploração agropecuária desde os 16 anos na freguesia de fajões.

O homem hoje já com 54 anos, Vivia num anexo sem condições de higiene, não recebia salário, foi agredido diversas vezes e comia restos. O patrão e a mulher, de 69 e 67 anos, foram detidos pela PJ do Porto por tráfico de pessoas.

Presentes ao juiz, no Tribunal de Santa Maria da Feira, saíram em liberdade com uma caução de cinco mil euros cada. Estão proibidos de contactar com a vítima e obrigados a apresentações semanais.


imagem topo
PUB