Para assinalar o Dia Mundial da Dança
A dança invade palcos, fábricas, escolas e o espaço público

26-4-2023, S. João da Madeira     598


Tem início nesta quinta-feira e decorre até domingo, em S. João da Madeira, o evento “A Cidade Dança”. Uma organização da Câmara Municipal e da Play False | associação cultural, com curadoria da bailarina e coreógrafa sanjoanense São Castro e com o envolvimento de instituições locais.

Para assinalar o Dia Mundial da Dança (29 de abril), está de regresso a S. João da Madeira o evento “A Cidade Dança”, que decorre entre esta quinta-feira, 27 de abril, e domingo, 30 de abril, numa organização da Câmara Municipal de S. João da Madeira em parceria com a “Play False | associação cultural” e com curadoria da bailarina e coreógrafa sanjoanense São Castro.

No primeiro dia do evento, o programa inclui “Dança nas Fábricas”, que passará pelas empresas CEI, Belcinto, Cortadoria Nacional do Pêlo e Bulhosas, num roteiro do qual faz parte ainda a Oliva Creative Factory. À 21h30, no auditório dos Paços da Cultura, há uma sessão do ciclo “Alternativa à 5inta” dedicada à dança, com “It’s a long yesterday”, a que se seguirá um momento de conversa entre o público e as criadoras e intérpretes do espetáculo, Carminda Soares e Maria R. Soares.

Sexta-feira

Na sexta-feira, 28 de abril, ao longo do dia, a dança percorrerá fábricas e outras entidades ligadas à indústria sanjoanenses, nomeadamente a Viarco, o Centro de Formação Profissional do Calçado, a ERT, o Museu da Chapelaria, o Centro Tecnológico do Calçado de Portugal e a Heliotextil. Uma atividade com a participação do Ginasiano Escola de Dança, em parceria com o Turismo Industrial de S. João da Madeira.

Igualmente ao longo do dia de sexta-feira, haverá sessões da oficina “A Dança e a Literatura”, para alunos do 4º ano do ensino básico, em escolas do concelho. Nesta atividade, através de exercícios práticos com enfoque no corpo e momentos de reflexão coletiva, propõe-se, com orientação de Catarina Câmara, “descobrir e inventar relações de sentido e de sentir entre o texto literário e o movimento”.

À noite, pelas 21h30, a Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo estará em palco na Casa da Criatividade, para levar ao público duas performances - “Apperception Plotline” e “Requiem”, com coreografias de Margarida Belo Costa e de Vasco Wellenkamp, respetivamente.

Sábado

Para sábado, 29 de abril, está programada uma masterclass com Margarida Belo Costa, a ter lugar na Torre da Oliva, entre as 10h00 e as 12h30. Uma iniciativa para maiores de 15 anos, com experiência na dança.

À tarde, a rubrica “Dança pela cidade” vai proporcionar – gratuitamente e para o publico em geral – performances no Centro de Arte Oliva, pelas 15h00, com Hugo Fidalgo e Liliana Mota. Às 16h15, ​no Largo da Capela de Stº António, irão dançar elementos do Ginasiano Escola de Dança, da Academia de Bailado Liliana Leite, do CDN - Conservatório de Dança do Norte e da Turning Point Escola de Dança.

Também no sábado, às 21h30, é exibido nos Paços da Cultura, no âmbito do projeto “Cine S. João”, o filme “Um corpo que dança”, de Marco Martins, sobre o Ballet Gulbenkian, desde a sua génese no início dos anos de 1960 até à extinção em 2005. A entrada é gratuita.

Domingo

O programa deste evento culmina no domingo, 30 de abril, com mais momentos – gratuitos e abertos ao público em geral – inseridos na rubrica “Dança pela cidade”, distribuídos por dois locais: Praça 25 de Abril (em frente à Casa da Criatividade), às 15h30, o Jardim Municipal (junto ao edifício do Fórum Municipal), às 16h00.

No primeiro desses locais, as performances serão do Armazém4 e do CCD (Hip Hop). No segundo, haverá atuações do Clube A4, Be Dance Escola de Dança, CCD (Danças Latinas) CCDR FVR Grupo de Dança Movimentarte e Amigos das Danças.​