Arouca quer retomar a vida ativa dos seniores pelo teatro

12-7-2022, Arouca     874


É numa dinâmica assente nas técnicas e jogos teatrais que o projeto “+SÉNIOR +VIDA +ATIVIDADE” chegou a Arouca no início desta semana, com objetivo de trabalhar a estimulação cognitiva e a motricidade dos seniores e pessoas com deficiência que frequentam as IPSS do concelho. A iniciativa envolve grupos amadores de teatro locais e é dinamizada pelo Município de Arouca com o Teatro Regional da Serra do Montemuro.

Para Margarida Belém, presidente da autarquia, o investimento neste projeto faz-se “pelo potencial que tem na mitigação da pandemia, visto que este é um público altamente vulnerável e que, uma vez inseridos em estruturas residenciais, esteve afastado de manifestações culturais e da socialização fora dos grupos de pares”. “Estou certa que este será um magnífico contributo para repor vivências e promover uma lógica de cultura acessível a todos”, assevera a edil.

Ao promover esta ação, a Câmara Municipal pretende assim mitigar o isolamento social a que este público esteve sujeito ao longo dos dois últimos anos, em virtude da situação pandémica. Também ela afetada por alterações de calendário, em função do evoluir do número de casos, a iniciativa irá, agora, ao longo de cinco dias percorrer uma dezena de instituições locais.

A cada sessão, com duração aproximada de 1h30, juntar-se-á uma equipa composta por um elemento de grupos de teatro locais – Teatro Experimental de Arouca, Grupo Cultural e Recreativo de Rossas e Arouteatro – aos dois responsáveis pela dinamização da sessão, em representação do Teatro Regional da Serra do Montemuro. Numa lógica de partilha, os utentes serão estimulados a conectar-se e a interagir com o grupo, contando também as suas histórias ou cantando algumas músicas.

Em agenda estão sessões a 11 de julho, na Santa Casa da Misericórdia de Arouca e na Casa do Povo de Alvarenga; um dia depois, a 12 de julho, no Centro Social do Burgo e no Centro Social de Mansores; a 13 de julho, será a vez do Centro de Atividades Ocupacionais do Patronato – Centro Paroquial e Social Santa Mafalda e do Centro Social de Canelas e Espiunca. Na semana seguinte, as atividades retomam a 18 de julho, na AICIA e no Centro Social de Escariz; já as últimas dinâmicas de grupo decorrem com os utentes do Espaço Sénior e do Centro Social de Chave, a 19 de julho.


imagem topo
PUB