PUB
Site Logo
Site Logo

Diplomatas da CPLP visitam empresas oliveirenses

16-5-2022, Oliveira de Azeméis     575


Durante três dias, Oliveira de Azeméis recebe dezena e meia de diplomatas da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). A AECOA, que foi desafiada a organizar a sua estadia, centra o programa na visita a empresas do concelho, que já mantêm relações comerciais com esses países ou são potenciais candidatas a fazê-lo.

Representantes Permanentes junto da CPLP e o respetivo Secretariado Executivo estão em Oliveira de Azeméis esta semana. A sua chegada está prevista para a hora de almoço de quarta- feira, dia 18 de maio, com a tarde reservada para a visita a unidades do setor do descasque, branqueamento, empacotamento e comercialização de arroz e outros cereais. A noite desse dia é marcada pelo ‘Jantar de Receção’ numa unidade hoteleira do concelho, evento para o qual a Associação Empresarial do Concelho de Oliveira de Azeméis (AECOA) conta com o apoio e colaboração da Câmara Municipal.

Na quinta-feira, o dia está bem preenchido para a dezena e meia de diplomatas, entre os quais se destacam os Embaixadores de Angola, Cabo Verde, Guiné Equatorial e Moçambique, com a agenda marcada pela passagem por grandes grupos empresariais do concelho, dedicados ao setor dos moldes e à indústria automóvel, aos lacticínios e à indústria agroalimentar. O final da tarde de 19 de maio é aproveitado para a visita à sede da AECOA, sendo recebidos pelo Diretor da Escola Superior Aveiro Norte (ESAN), onde se situam as instalações desta Associação Empresarial. O segundo dia termina com o ‘Jantar Fidelidade’, num local panorâmico. Neste encontro a AECOA conta com uma apresentação corporativa do Grupo Fidelidade – Companhia de Seguros, cuja presença em países da CPLP é bastante significativa.

O último dia do périplo em terras de La Salette leva a comitiva até grandes grupos e unidades empresariais do nordeste concelhio, de onde regressará, levando na bagagem eventuais acordos e potenciais negócios, como se espera e pretende. Será, acima de tudo, uma experiência única que permitirá um intercâmbio de ideias e culturas, momentos de network e convívio, nunca antes experimentados, já que é a primeira vez que, em conjunto, saem da sua sede na capital. Importa reter que o grande mentor da iniciativa foi Teófilo Fonseca, uma pessoa há muito ligada, em diversos contextos, aos Países de Língua Portuguesa.

Uma comunidade com 270 milhões de pessoas

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) é uma organização internacional formada por países lusófonos, cujo objetivo é o “aprofundamento da amizade mútua e da cooperação entre os seus membros”.
Após diversas reuniões e eventos, onde a criação de um organismo deste tipo veio sendo aflorada, a 17 de julho de 1996, em Lisboa, realizou-se a Cimeira de Chefes de Estado e de Governo que marcou a criação da CPLP, entidade que reuniu, então, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe. Seis anos mais tarde, em 20 de maio de 2002, com a conquista de sua independência, Timor-Leste tornou-se o oitavo país membro da Comunidade. Depois de um minucioso processo de adesão, em 2014, a Guiné Equatorial tornou-se o nono membro de pleno direito.
A população destes países soma aproximadamente 270 milhões de pessoas.


imagem topo
PUB