DESenvelheSER forma 'mestres' junto da comunidade sénior

29-3-2022, Arouca     533


Para promover o envelhecimento ativo e saudável da sua população, o Município de Arouca conta com o projeto DESenvelheSER através do qual, em parceria com o Centro Juvenil Salesiano, tem vindo a capacitar alguns seniores arouquense para se tornarem ‘mestres’ com um papel ativo junto da comunidade mais envelhecida.

Trata-se de uma ação inovadora que se diferencia de tantos outras por não se apresentar como uma atividade ‘para seniores’, mas sim ‘com seniores’. Nascido de uma necessidade identificada através da Rede Social do município e abraçado pelo Centro Juvenil Salesiano, o DESenvelheSER tem vindo a selecionar elementos da comunidade sénior e a capacitá-los tanto na componente de bem-estar físico e mental, como nas áreas da saúde, da nutrição ou da gerontologia, para que estes possam estimular a adoção de boas práticas que proporcionem um envelhecimento ativo e saudável junto de amigos, vizinhos e/ou familiares, independentemente da idade.

“Estamos muito expectantes face a este projeto, esperando que o mesmo se configure como mais um marco na intervenção que vimos a fazer junto dos nossos seniores”, salienta a presidente da autarquia, Margarida Belém. Dada a dispersão geográfica do território arouquense, “este projeto surge também como resposta à necessidade de atenuar a solidão e o isolamento das populações mais idosas, com uma intervenção descentralizada, indo, de freguesia em freguesia, ao encontro das pessoas”, remata.

A seleção dos ‘mestres’ é feita pelo Centro Juvenil Salesiano, em estreita colaboração com a Rede Social do município, bem como com as juntas de freguesia, associações locais e os técnicos do balcão de Arouca do Instituto da Segurança Social, I.P., através de uma breve entrevista centrada nas temáticas abarcada neste projeto, seguida de um inquérito de avaliação do nível de isolamento social e da motivação dos inscritos para ajudar e ensinar os outros.

Entre as atividades desenvolvidas, a título de exemplo, estão a realização de caminhadas e jogos tradicionais, ações para o desenvolvimento da motricidade fina, como aulas de fisioterapia, exercícios de capacitação motora e tratamentos ou aconselhamentos individualizados. Na área da saúde mental, procura-se promover o bem-estar através da implementação de estratégias interventivas em problemáticas como a depressão e ansiedade; a estimulação cognitiva; o isolamento social, promoção do convívio de forma a melhorar a rede de suporte social. Entre outros, há ainda espaço ao aconselhamento nutricional para o cumprimento da Dieta Mediterrânica, o entendimento da roda dos alimentos e, inclusive, a criação de planos individualizados para pessoas com problemas de saúde tais como colesterol elevado, hipertensão arterial ou diabetes.

A abordagem contém uma forte componente de capacitação e empoderamento colocada em prática pelos próprios seniores entre si, o que promove uma atitude mais proativa do cidadão sénior face ao seu envelhecimento. Estimula ainda a comunidade a ter uma atitude de valorização e inclusão face aos mais velhos.

Inscrito sob o propósito de promover a inclusão social e combater a pobreza e a discriminação, o projeto DESenvelheSER é desenvolvido pelo Centro Juvenil Salesiano de Arouca – Associação Cultural e Recreativa e tem financiamento elegível de 171.471,55€, com cofinanciamento assegurado através da iniciativa Portugal Inovação Social e pelo Município de Arouca, enquanto investidor social, a quem cabe 30% da comparticipação financeira.


imagem topo
PUB