Vice-almirante Gouveia e Melo visitou o centro de Vacinação em S. João da Madeira

24-8-2021, S. João da Madeira     616


O vice-almirante visitou o centro de Vacinação em S. João da Madeira, numa altura em que a modalidade Casa Aberta abriu para os maiores de 12 anos.

Os grandes centros de vacinação no âmbito do combate à covid-19 poderão começar a fechar quando 85% da população estiver vacinada com as duas doses.

Esta hipótese foi avançada, na manhã desta terça-feira, pelo vice-almirante Gouveia e Melo, atual coordenador da task force responsável pelo plano de vacinação.

O coordenador nacional da Task Force do Plano de Vacinação contra a Covid-19 defendeu esta terça-feira que a reabertura do centro de inoculação instalado no Queimódromo do Porto "pode já não ser útil", independentemente do resultado da investigação aí em curso.

Em causa está a suspensão da atividade dessa infraestrutura no passado dia 12 de agosto, depois de detetada uma alegada falha na cadeia de refrigeração de cerca de mil vacinas, por causas ainda a ser investigadas pela Inspeção-Geral das Atividades em Saúde.


PUB

zibiz.net