PUBLICIDADE
Site Logo
Site Logo

Em S. João da Madeira
Trabalhadores em protesto para exigirem a documentação que lhes permita o acesso ao subsídio de desemprego

25-1-2024, S. João da Madeira     1044


Cerca de 50 trabalhadores da fábrica de calçado - Arauto RAP, despedidos recentemente, estão em protesto junto às instalações da empresa na tarde desta quinta-feira, para exigirem a documentação que lhes permita o acesso ao subsídio de desemprego.

De acordo com a coordenadora do Sindicato Nacional dos Profissionais da Indústria e Comércio do Calçado, Malas e Afins, Fernanda Moreira, a “RAP comunicou aos trabalhadores que a empresa ia fechar no início de janeiro e despediu-os”.

Contudo, “ainda não lhes entregou a documentação necessária para eles recorrerem ao subsídio de desemprego.

A coordenadora adianta ainda, que, de acordo com denúncias que chegaram ao sindicato, “estarão a ser retiradas máquinas da empresa".


imagem topo
PUB